Como fazer o bolso avivado perfeito

O bolso avivado é aquele em que ficam visíveis apenas duas tiras de tecido, ou “vivos”. É o bolso mais usado na alfaiataria: são dois no blazer e dois na calça.

Bolso avivado

É um pouco difícil de fazer, pois as costuras e marcações têm que ser precisas. Com treino e paciência, ele fica muito mais fácil. O cuidado, contudo, é sempre essencial.

Hoje vou ensiná-lo a fazer um bolso avivado perfeito. Digo perfeito porque dependendo da maneira como você faz o bolso avivado, alguns detalhes são impossíveis de corrigir. Esta maneira de fazer é uma adaptação do método ensinado no livro Classic Tailoring Techniques de Cabrera e Meyers, um pouco mais rápida e com um truque que faz toda a diferença.

Se você está começando a se aventurar no mundo dos bolsos avivados, tenho algumas dicas especiais:

  • comece com um tecido de teste, que pode ser jogado fora;
  • escolha tecidos firmes, de espessura média;
  • escolha tecidos que não desfiem muito;
  • use giz de ponta afiada;
  • trabalhe em um ambiente bem iluminado;
  • relaxe e faça tudo devagar.

Materiais

  • tecido para a parte externa, conforme especificações acima;
  • tecido para forro, pode ser failette, cetim, cambraia, tricoline;
  • entretela colante bem fina, pode ser plana ou de malha;
  • agulha de costura à mão para alinhavar;
  • lápis 6B, 8B ou 9B;
  • giz de cor diferente do tecido. afie a ponta com estilete ou apontador de giz;
  • tesoura de tecido e tesoura de bordado (pequena e com ponta fina);
  • régua.

Dimensões

O bolso padrão tem de 13 a 15cm de comprimento. Cada vivo tem 6mm de largura.

Marque no tecido da roupa a linha central do bolso. Em seguida, marque o comprimento com um traço de cada lado.

Bolso avivado

Passo a passo

Corte um pedaço de entretela de 20 x 6cm, no fio reto. Cole no avesso da marcação do bolso, centralizado. É difícil de enxergar, mas é só ir ajeitando e olhando. Não precisa ficar 100% centralizado, meio centímetro de diferença, neste caso, não é problema.

Bolso avivado

Corte os vivos. Um dos pedaços terá 20 x 4cm e o outro 20 x 5cm. O lado mais comprido fica paralelo à ourela.

Bolso avivado

Agora vamos alinhavar os vivos ao longo da marcação do bolso. Comece pelo pedaço maior, que ficará logo abaixo do traçado do bolso. Centralize o pedaço horizontalmente, e a beirada superior fica exatamente sobre a marcação. Alinhave.

Bolso avivado

Prolongue a marcação do começo e final do bolso, passando por cima do pedaço de tecido.

Bolso avivado

Alinhave o outro pedaço diretamente acima do pedaço anterior. Prolongue a marcação novamente.

Bolso avivado

Antes de costurar os vivos à máquina, vamos marcar a largura de cada vivo sobre os retalhos. Use um lápis bem apontado, pois você usará esta marcação como guia para a costura. A largura de cada vivo é de 6mm, então marque essa distância a partir do encontro dos dois retalhos.

Bolso avivado

Costure à máquina sobre essas linhas, começando e terminando nas marcações do comprimento do bolso. Tome muito cuidado nesta etapa: as costuras têm que começar e terminar alinhadas, se não o bolso ficará torto.

Bolso avivado

Você deve ter percebido, na foto acima, que as minhas costuras não seguiram o traçado à lápis o tempo todo. O que fiz foi uma costura levemente curvada para dentro, em vez de reta. No ponto mais curvo, a diferença é de apenas 1mm. Fazendo isso, há menos chance de os vivos ficarem muito separados.

Pelo avesso (lado da entretela), faça um corte bem no meio das costuras. Afaste os vivos com os dedos para não cortá-los. Pare esse corte a 1cm de cada ponta das costuras. Em seguida corte em diagonal até a ponta da costura, terminando exatamente antes de cortar o ponto. Repita para a outra ponta. Faça o mesmo do outro lado.

Bolso avivado

Puxe os vivos para o avesso.

Bolso avivado

Passe as costuras superior e inferior abertas. Isso é bem importante para dar uma boa aparência ao bolso, pois garante que os vivos ficarão com o mesmo volume do resto da roupa, ou seja, não ficarão grossos, como se fossem alto-relevo, e nem finos, como se fossem baixo-relevo.

Bolso avivado

Pelo direito, dobre os vivos para que fiquem com 6mm. Vinque bem com a unha, e em seguida com o ferro. Seja calmo e cuidadoso. Esta etapa pode ser um pouco demorada, mas vale a pena caprichar. Se os vivos ficarem do mesmo tamanho e regulares, o bolso fica mais bonito.

Bolso avivado

Agora vem o truque de que falei antes. Para que este bolso não fique com os pespontos do lado de fora, o que tira um pouco a atenção dos vivos delicados e bem feitos, vamos fazer uma costura escondida.

Na alfaiataria tradicional, os vivos são presos com uma costura bem no vale formado pela costura. Essa costura é feita à mão. Como é muito difícil e trabalhoso fazer com que essa costura fique bem escondida, vamos fazer uma costura à máquina por baixo do tecido externo da roupa, pegando apenas a margem de costura.

Levante o tecido externo da roupa até que você veja a margem de costura que passamos aberta. Você vai costurar essa margem ao tecido do vivo, que está logo embaixo dela.

Bolso avivado

Uso calcador de zíper para esta etapa, pois fica mais fácil e há menos risco de desfazer a dobra do vivo. Se você tem dificuldade de segurar o vivo e teme que vai desmanchar, pode alinhavá-lo antes de fazer esta costura.

Bolso avivado

Repita para o outro vivo. Vai ficar assim, do avesso:

Bolso avivado

E no direito: nenhum sinal de costura!

Bolso avivado

Agora vamos esconder os triângulos de tecido que ficaram nos cantos. Levante a lateral da roupa e puxe o triângulo assim:

Bolso avivado

Costure à mão com ponto atrás. Esta etapa eu faço questão de costurar à mão, pois se fizer à máquina os vivos ficam separados, com um espaço entre eles, o que estraga todo o trabalho que fizemos até agora. Se você não confia no seu ponto à mão, pode costurar à máquina em seguida, mas só depois de costurar à mão, ok?

Bolso avivado

Olha como ficou: Ainda dá pra ver um restinho de giz nos cantos do bolso.

Bolso avivado

Repita com o outro triângulo, e seus vivos estão prontos!

Forro

Agora vamos para o forro. A partir daqui, o trabalho é muito mais fácil.

Corte o forro do bolso, que é um retângulo de 20cm de largura, e o comprimento é o dobro do comprimento desejado para o bolso. Fio reto. Isso varia com o comprimento do casaco, então meça no seu. O bolso deve terminar antes de onde começa a bainha.

Corte também, no tecido da roupa, um retângulo de 20 x 5cm, fio reto.

Bolso avivado

Dobre as beiradas compridas do pedaço menor para baixo, e alfinete no começo do forro, no direito do tecido. Deixe uma margem de 1,5cm acima do retalho.

Bolso avivado

Costure o retalho no forro com um pesponto em cima e outro embaixo.

Bolso avivado

Posicione a parte inferior do forro (a que está sem o retalho) com o direito para baixo. Alinhe a beirada inferior à margem inferior do vivo. Costure os dois juntos, dobrando o tecido da roupa para que não seja costurado junto.

Bolso avivado

Puxe o forro para baixo e passe a costura.

Bolso avivado

Dobre o forro, trazendo a parte com o retalho sobre os vivos do bolso. Alinhe as margens superiores. Costure-as juntas, dobrando o tecido da roupa para que não seja costurado junto.

Bolso avivado

Agora vamos fechar o forro todo. Começaremos pelo meio do bolso, lá em cima do vivo superior. Coloque o bolso com o direito para cima, e depois levante o tecido externo para que consiga visualizar as margens de costura. (figura abaixo) Comece a costurar à partir do meio, com o calcador encostado na costura do vivo.

Bolso avivado

Quando chegar no canto, vire e desça costurando sobre o triângulo.

Bolso avivado

Desça em diagonal até chegar perto da beirada do forro.

Bolso avivado

Continue reto até o fim do forro.

Bolso avivado

Repita para o outro lado do forro. Do avesso, vai ficar assim:

Bolso avivado

Corte o excesso de tecido acima da costura superior. Passe bem.

Bolso avivado

Está pronto!

Bolso avivado

O que acharam deste método? Adoro fazer os bolsos assim, pois ficam sem os pespontos do lado de fora, o que dá um ar mais formal e elegante. Além disso os pespontos nem sempre ficam bons na primeira vez, e ao desmanchar podemos acabar estragando o tecido.

Já tentaram fazer um bolso avivado? Quando testarem este método, me contem como foi!

Bolso avivado

This article has 3 comments

  1. monica guandalini meireles
    Saturday 1 March 2014, 2:14 pm

    boa tarde Renata, gostei muito desse ensino, eu faço de jeito diferente , mas vou mudar para isso que è muito mais símplice, gostaria que mostrasse como você faz com bolsos de um vivo so! obrigada para o site !

  2. Perfeito! Muito simples e fácil, basta ter capricho.

Leave a Reply