Camisa clássica passo a passo: Introdução

Tenho recebido várias dúvidas de leitores sobre golas de camisa, então decidi mostrar aqui como fazer uma camisa clássica, do começo ao final. Hoje vou dar apenas uma pequena introdução sobre o assunto, e indicar algumas fontes de pesquisa.

A camisa é uma das peças de roupa que mais me fascina, pois é clássica, elegante, e tem uma aparência simples e polida. A verdade é que não é tão simples assim, pois para fazê-la precisamos de 7 moldes, com os quais cortamos 17 pedaços de tecido, mais 4 pedaços de entretela. São muitos detalhes, e para uma camisa bonita, precisamos cortar e costurar com precisão.

Existem várias maneiras de fazer camisas, e algumas são muito fáceis. Aqui, quero explicar como fazer um modelo tradicional, usando as técnicas tradicionais, que incluem costuras rebatidas, bainha de lenço, gola e pé de gola, mas também vou indicar maneiras mais práticas e rápidas de fazer esses acabamentos. Iniciantes na costura também poderão acompanhar.

Camisa com mangas

É muito bom fazer uma pesquisa sobre o assunto antes de começar, pois podemos descobrir acabamentos e detalhes interessantes para usar na nossa peça. Assim também ficamos inspirados para fazer um bom trabalho. Tire do guarda-roupa as melhores camisas que tiver à disposição e observe como foi feita a gola, a bainha, os punhos e o abotoamento. Essas são as regiões que apresentam variações, normalmente.

Tenho como maior inspiração, no momento, as camisas Charvet, que são feitas sob medida na França. São consideradas as melhores do mundo, e uma peça sob medida pode custar mais de mil dólares. Essas camisas são feitas com algodão egípcio, costuradas com pontos de pouco mais de 1mm de comprimento, e têm golas entreteladas com 6 camadas de tecido sem cola. Na loja, o cliente que quiser uma camisa branca, pode escolher entre os 400 tons diferentes de branco. Se quiser saber pouco mais sobre a marca, recomendo este artigo em inglês.

O livro que recomendo sobre a construção de camisas é Shirtmaking, de David Page Coffin (sem tradução). O autor explica a camisa clássica desde suas características e os tecidos adequados, até a construção de golas impecáveis. Aqui vou mostrar algumas das técnicas que aprendi nesse livro e que adotei imediatamente.

Para a minha camisa, usarei um molde que eu mesma fiz e aperfeiçoei através de algumas provas. Na próxima semana, falarei sobre como você pode ajustar um molde de camisa através de prova, e quais são os principais defeitos que deve corrigir.

This article has 4 comments

  1. Eba! é o post que eu queria!!!!! vou acompanhar todassss as suas dicas!!! ;D

  2. Enfim consegui, estou tentando postar esse comentário desde o dia que você postou essa série, mas não sei porque não estava conseguindo, mas agora vai:

    Parabéns Renata por essa série de posts sobre camisa, é perfeito e bem didático, eu diria que com esse passo a passo é impossível não fazer uma camisa perfeita. A riqueza dos detalhes com que você descreve cada etapa, nunca encontrei em nenhum blog e nem em livros.
    Você salvou a minha vida =)
    Pode acreditar!
    Obrigada!

  3. Ola
    Sei tirar a medida do pescoço só não sei como se tira ou passeado em que se tira a medida do decote poderia me esclarecer obrigada

Leave a Reply

Couldn't connect to server: Connection timed out (110)