O que é embebimento e onde se usa?

Você já ouviu falar da palavra “embeber” ou “embebimento” na costura? Pode parecer estranho, mas não tem nada a ver com encharcar o tecido de água.

Embeber significa diminuir um pedaço de tecido para que encaixe em outro menor. Essa diminuição pode ser feita através de leves franzidos, ou com a mão mesmo, para quem tem prática. É claro que a primeira maneira é muito mais fácil e segura. Mas cuidado: o tecido não deve ficar franzido. Ele é diminuído da mesma maneira que o franzido, mas as linhas são puxadas um pouco menos, então não se formam franzidos.

Para quê se usa?

O embebimento é usado principalmente em mangas. Para um melhor caimento e aparência, as mangas duas folhas têm a cabeça mais alta e uma circunferência maior que a da cava. Essa sobra de tecido tem que ser embebida. O resultado é uma aparência característica de alfaiataria: a cabeça da manga faz um “rolinho” antes de cair.

Outro uso importante do embebimento é eliminar a necessidade de algumas pences. Quando as pences são muito rasas, podem ser substituídas por embebimento. O molde pode ser o mesmo, mas ao invés de costurarmos a pence, passamos um alinhavos e puxamos de leve para embeber até que a largura da pence seja eliminada do tecido. Este tipo de transformação geralmente é feita nos ombros posteriores de blazers, paletós e casacos. Também pode ser feita em pences de busto, quando há um recorte passando logo ao lado do ápice do busto.

Quando o tecido é lã pura, as possibilidades de embebimento são ainda maiores, pois a lã é super flexível e pode ser facilmente encolhida a ferro. Nesse caso, podemos eliminar pences de calças e saias, e outras pences grandes de vestidos e casacos.

Outros usos para o embebimento são mais avançados, e você pode se deparar com eles quando estiver fazendo golas, lapelas, bolsos, entre outros.

Como fazer

Para o embebimento, você terá um pedaço de tecido que deve encaixar em outro, sendo que eles têm comprimentos diferentes. Cortei dois retalhos para demonstrar:

Embebimento

No pedaço maior, costure com ponto largo (5mm) perto de onde será a costura da roupa. Puxe as linhas de leve para franzí-lo, até que fique do tamanho que você deseja. Em alguns tecidos é mais difícil fazer o embimento, então é melhor franzir aos poucos. Como estou usando lã, vou fazer tudo em uma única vez.

Embebimento

Quando estiver do tamanho certo, amarre as linhas para o tecido não escapar.

Passe a margem de costura com ferro a vapor. É importante ter os seguintes cuidados:

Embebimento

  • O ferro deve ultrapassar a linha de costura em no máximo 3cm. Se passar mais do que isso, ele vai embeber todo o volume extra que aquela peça de tecido tem. Em termos mais práticos, se você estiver embebendo uma pence, por exemplo, e passar muito para dentro do tecido, você vai acabar eliminando a pence completamente, e vai ficar com um pedaço achatado de tecido. Não é isso que queremos aqui!
  • Passe com cuidado por entre as dobrinhas do franzido. De maneira alguma forme pregas.
  • Vá com calma, mesmo que demore. O tecido pode levar um tempinho para encolher.
  • Se seu tecido é sintético, cuidado para não marcar ou queimar. Recomendo usar uma fralda úmida entre o ferro e o tecido.

Quando todas as dobras sobre a margem de costura tiverem sumido, o tecido vai ficar assim:

Embebimento

Perceba que o tecido não está achatado, apenas a linha de costura está.

Junte as partes de tecido e costure normalmente.

Embebimento

Passe as margens de costura abertas.

Este é o nosso resultado:

Embebimento

 

O tecido embebido continua com volume, mas não há pences nem prega!

This article has 2 comments

  1. Que engraçado! 
    Em Portugal referimo-nos ao embebimento do tecido como brando. 
    Por exemplo temos de deixar brando quando cosemos o ombro posterior de um blazer à sua parte da frente.
    sto é excelente. Existem muitos livros em Português-Brasileiro e existem palavras que não querem dizer o mesmo. Isto vai ajudar-me bastante. Obrigado

    • Também acho interessante as diferenças entre os termos no Brasil e em Portugal. Esses dias estava lendo uma página portuguesa sobre alfaiataria, e aprendi o nome de várias ferramentas por lá. De vez em quando me surpreendo com as palavras lendo a revista Burda, que aqui no Brasil é de versão portuguesa!

Leave a Reply

Couldn't connect to server: Connection timed out (110)