Livros de modelagem em português – Parte 3

Continuando a série, agora livros de modelagem masculina! Pode ler as outras partes aqui e aqui.

Não é fácil achar livros de modelagem masculina. Comparando com os femininos, temos poucas opções. Quero lembrar que o livro MIB – Tabelas de Medidas também ensina bases masculinas, mas como já falei dele em outro post, não vou repetir.

Recebi pedido de falar sobre livros de modelagem infantil. O único que encontrei que fala sobre isso é o MIB – Tabelas de Medidas. Como nunca fiz modelagem infantil, e nunca me interessei pelo assunto, também não me sinto apta a avaliar qualquer tipo de livro sobre isso, ok?

***Correção: Descobri que o livro Modelagem Industrial Brasileira, de capa roxa, também fala sobre modelagem masculina e infantil.

Modelagem Masculina – Editora Senac

Livro Modelagem MasculinaEste livro, como os outros do Senac, é bem simples e organizado, mas a diferença é que, como no vestuário masculino a variação de modelos é menor, acaba cobrindo mais do que a versão feminina. Isso não quer dizer, contudo, que ele cobre tudo. Não fala nem de blazers e casacos!

A melhor parte deste livro é a explicação sobre camisas, que é bem completa, com todos os detalhes. Tem todo o passo a passo de bolsos, acabamentos e etc.

Achei a escolha de modelos um pouco fora de moda, com muita folga. Mesmo assim, para aprender a fazer está Ok.

Alfaiataria, de Stefania Rosa – Editora Senac

Livro AlfaiatariaEste é um livro muito caprichado e bem organizado. A introdução é bem completa, e explica história da moda, tramas de tecidos, e alguns fundamentos da geometria para ajudar a entender o passo a passo dos moldes.

Com relação às folgas, que falei sobre o livro anterior, nas modelagens deste livro são adicionadas menos folgas. Em contrapartida, a tabela de medidas é para homens mais baixos e mais largos que do livro anterior. No fim das contas, acho que dá no mesmo. Mas olha que legal: Na tabela de medidas do blazer, a autora fornece tabela para 3 tipos de corpo: alto, médio e baixo!

A autora ensina modelagem a partir do padrão de alfaiataria, que não começa de uma base, e sim traça o modelo direto a partir das medidas. Os alfaiates fazem assim, como dá pra perceber porque eles riscam direto no tecido. (e na maior tranquilidade!) Esse tipo de traçado pode ser mais difícil de entender para os iniciantes, principalmente no blazer, pois acaba tendo muitos detalhes. De qualquer maneira, um iniciante traçando blazer não pode esperar facilidade, né?

Gostei muito que no traçado da camisa, a pala é reta embaixo, e a pence das costas aparece apenas na parte das costas mesmo. Aprendi que esse é o melhor jeito de fazer.

Uma das coisas mais legais deste livro é que a autora dá várias opções de interpretação para um mesmo modelo, como tipos de vistas de camisas, bolsos, calças com pregas ou não, etc. Essas são as variações mais comuns, mas não as únicas possíveis. Para ficar bom mesmo em modelagem masculina, tem que buscar outras fontes.

Quanto às modelagens, resolvi comentar algumas individualmente:

Camisa: A manga tem a cabeça bem baixa, o que dá bastante liberdade de movimento, como a maioria dos homens gosta.

Gravata: Sim, tem modelagem de gravata! Nunca prestei atenção a modelagens de gravatas para saber se está boa ou não, mas que existe já é uma grande vantagem.

Blazer: É uma modelagem sem muita definição de cintura, estilo americano. Apesar de ser uma modelagem complicada o passo a passo é fácil de entender. A curva do ombro traseiro está incorreta, na minha opinião. Acredito que tenha que ser menos profunda. A cava é super baixa, e resulta num blazer que dificulta o movimento dos braços, como se costuma encontrar à venda. É o padrão industrial, infelizmente.

Um cuidado que vocês devem ter ao fazer essa modelagem: os piques da manga estão invertidos. A posição está correta, mas trocaram a letra da frente com a das costas ( na 2ª edição. Não sei quanto às outras). O revel está cortado errado (na minha opinião): deve incluir parte do ombro. Há muitos outros refinamentos para fazer este blazer ficar ótimo; como já falei antes, para ficar bom mesmo tem que procurar outras fontes.

Gradação: Adoro a maneira como a gradação é explicada aqui neste livro. Esse é o método que eu uso.

Meu veredicto é que este é um livro bom, mas que não deve ser a única fonte de pesquisa se você quer fazer alfaiataria de qualidade. Neste caso, recomendo o livro Metric Pattern Cutting, que além de ter muitos modelos de roupas masculinas, incluindo roupas esportivas, tem modelagem de blazer muito parecida à usada por alfaiates ingleses. A autora explica direitinho como colocar folgas no forro, tem vários modelos de gola, e por aí vai. É muito bom mesmo. Infelizmente, só em inglês!

Uma boa semana e bons estudos pra vocês!

This article has 5 comments

  1. Comprei hoje esse livro de Alfaiataria e estou bem animada pra testar! Reparei que as peças são realmente bem diferentes do que eu aprendi no senai…

  2. Renata, olá. 

    Antes de mais as minha felicitações pelo blog e pelo seu livro. 
    Tenho mesmo de o adquirir. 

    Para além do agradecimento que lhe queria fazer, pois a informação que o seu blog contém já me ajudou bastante, queria também pedir alguns conselhos no que toca a modelagem.
    Eu sou engenheiro, mas sempre vivi rodeado de tecidos e sempre quis fazer algo na área. Neste sentido decidi falar com um alfaiate para saber se me poderia ensinar alfaiataria. Neste momento estou numa alfaiataria em Lisboa a aprender. Só consigo estar aos sábados pelo o que aprendo apesar de fantástico não acompanha a vontade de querer saber mais. Gostava de saber fazer moldes do zero com base nas medidas da pessoa. Começar a ler e explorar essa área. 
    Que livro me poderia aconselhar? Creio que recomenda o Metric Pattern Cutting for Menswear. Que versão/edição tem? Sabe se existem muitas diferenças entre as edições? Os valores dos livros variam imenso com a sua edição. 

    Obrigado 🙂

    • Oi Marco! Obrigada pelas felicitações. Acho que tens uma grande oportunidade de aprender com um alfaiate. Sim, recomendo o Metric Pattern Cutting for Menswear. Na internet também encontras alguns cortes de alfaiataria no fórum http://www.cutterandtailor.com. É bem interessante procurar o que tem por lá, ainda mais que estás aprendendo com um alfaiate. Acho que não tem problema comprares uma edição mais antiga. Não posso te dizer a diferença entre uma e outra, mas sei que as mais novas tem conteúdo sobre modelagem digital, talvez por isso a diferença de custo. Um abraço!

      • bom dia Renata! 
        Estava no site da Saraiva para comprar o livro do Sonia Duarte “mib tabela de medidas” e incontrei isso aqui “Moulage, Modelagem e Desenho
        Abling, Bina; Maggio, Kathleen”
        Eu realmente adoraria uma sua avaliazao, ja que o preço è um pouco maior. Confio muito em voce entao espero realmente que me consiga ajudar! obrigada!

Leave a Reply


Warning: fsockopen(): php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known in /home/renatazp/renataperito.com/wp-content/plugins/sweetcaptcha-revolutionary-free-captcha-service/library/sweetcaptcha.php on line 71

Warning: fsockopen(): unable to connect to www.sweetcaptcha.com:80 (php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known) in /home/renatazp/renataperito.com/wp-content/plugins/sweetcaptcha-revolutionary-free-captcha-service/library/sweetcaptcha.php on line 71
Couldn't connect to server: php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known (0)